2013

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

CURSO: PEDAGOGIA

DISCIPLINA: SOCIOLOGIA GERAL

CÓDIGO:

N° DE HORAS SEMANAIS:          

PERÍODO:

TURNO: NOT/VESP

DOCENTE(S): Arnaldo Lemos Filho, Adolfo Ignacio Calderón e Tiago Duque



2.    OBJETIVOS:

2.1.        Objetivo(s) Geral(is)

Estudar os conceitos originários das escolas clássicas da Sociologia objetivando subsidiar a compreensão dos problemas políticos, socioeconômicos e ambientais da contemporaneidade.

2.2.        Objetivos Específicos

§  Assimilar criticamente conceitos sociológicos que permitam compreender as transformações da sociedade capitalista contemporânea;

§  Desenvolver, a partir das teorias estudadas, uma argumentação teórica crítica a respeito dos grandes temas da sociedade contemporânea;

§  Construir um conjunto significativo de conhecimentos sobre o pensamento sociológico que possibilite analisar e compreender os fenômenos educacionais a partir de diversas matrizes teóricas.

3.  CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

 

Primeiro Modulo – A SOCIOLOGIA PRÉ-CIENTIFICA

Conceitos básicos: Conhecimento, tipos de conhecimento, mito, filosofia, teologia, revolução cientifica, processo histórico                                              

                   Itens

1.    A Revolução Cientifica

2.    A  crise das explicações religiosas e o triunfo da ciência

3.    As ciências humanas

Segundo Modulo – O SURGIMENTO DA SOCIOLOGIA COMO CIÊNCIA

Conceitos básicos: revoluções do século XVIII, cientificismo, evolucionismo, positivismo

                       Itens

1.    As ideias de Saint-Simon

2.    As ideias de Augusto Comte

Terceiro Modulo A  CONSTRUÇÃO SOCIAL DA REALIDADE: OS CLÁSSICOS DA SOCIOLOGIA

I -  O PRINCIPIO DA INTEGRAÇÃO SOCIAL : COESÃO E EQUILÍBRIO  A CONTRIBUIÇÃO DE EMILE DURKHEM            

Conceitos básicos: fato social, coerção social, consciência coletiva, divisão 
social do trabalho, morfologia e fisiologia social solidariedade mecânica e orgânica, fato patológico e anomia

                             Itens

1.    Objeto e Método da Sociologia

2.    Consciência Coletiva

3.    Divisão Social do Trabalho

4.    Fato Patológico e Anomia
 

II -  O PRINCIPIO DA COESÃO SOCIAL: INTERESSES E DOMINAÇÃO  CONTRIBUIÇÃO DE MAX WEBER


Conceitos básicos: ação social, relação social ,compreensão, tipo 
ideal,  tipologia da ação, tipologia da dominação, burocracia, patrimonialismo, carisma, ética protestante.

                              Itens

                                 1. Objeto e Método da Sociologia
                                 2. Tipo ideal

3. Tipologia da Ação e da dominação

4. Racionalidade e Capitalismo

               
III – O PRINCIPIO DA CONTRADIÇÃO: CONFLITO E TRANSFORMAÇÃO  A CONTRIBUIÇÃO DE KARL MARX

Conceitos básicos: Socialismo, Economia Politica, Dialética, Forças, Relações de Produção,  Modo de Produção, Infra e super-estrutura,  Estado Ideologia, Classes  Sociais, Alienação, Mercadoria, Mais-Valia  e Fetichismo da Mercadoria

  Itens

  1. As fontes do marxismo

  2. Concepção marxista de sociedade

  3. Analise da mercadoria


Quarto módulo -
 PERSPECTIVAS  SOCIOLÓGICAS  RECENTES

Seminários sobre temas sociológicos

1)    A questão de gênero

2)    Mudanças na Família

3)    Mudanças no mundo do trabalho

4)    Pobreza e Exclusão Social

5)    Mídia e cultura no capitalismo

6)    Violência e Criminalidade

7)    Fundamentalismos e a questão religiosa

8)    Movimentos sociais e cidadania

9)    Riscos ambientais e crise ecológica

4.  METODOLOGIA

Professor Arnaldo Lemos Filho

Módulos I, II e III - Os procedimentos metodológicos para  o estudo dos  módulos  I e II serão constituídos de aulas expositivas, trabalhos de grupo, relatórios de grupos e individuais, alem de exibição de filmes que deverá feita fora do horário de aula, conforme cronograma apresentado, com debates em sala de aula e apresentação de  relatórios de análise dos filmes assistidos

Modulo IV - O modulo III será desenvolvido por meio de seminários temáticos. Serão apresentados oito temas, cada um tendo um texto-base que deverá ser lido por todos através de relatórios individuais.

Professor Adolfo Ignacio Calderón 

O curso será realizado num permanente processo dialógico professor-aluno por meio das seguintes estratégias didático-pedagógicas: aulas expositivas e dialogadas empregando quadro e/ou multimídia a partir da leitura de textos previamente indicados, estudos dirigidos em sala de aula, resolução de problemas e debates, seminários para apresentação de trabalhos, relatórios de grupos e/ou individuais e exibição de curtas e filmes.

Professor Tiago Duque

Os procedimentos metodológicos para o estudo dos três primeiros módulos serão constituídos de aulas expositivas, trabalhos/exercícios em grupos e/ou individuais feitos em sua maior parte em sala de aula. O conteúdo específico do quarto módulo será apresentado em todo o decorrer do curso, especialmente a partir da exibição de curtas, para promover o debate e a relação entre os conceitos estudados nos demais módulos e a realidade contemporânea.


5.    AVALIAÇÃO DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM

5.1  Critérios de Avaliação

Professor Adolfo Ignacio Calderón

§  Realização de todos os instrumentos de avaliação formativa, sendo motivo de reprovação imediata, no instrumento de avaliação aplicado, a constatação de apropriação indevida das idéias, textos ou outras formas de produção intelectual desenvolvidas por outros autores.

§  Freqüência as aulas, ressaltando que os alunos que ultrapassarem o limite de faltas estipulado pelo curso serão reprovados de acordo com o regulamento da Universidade.

§  Desenvolvimento da capacidade analítica na produção textual e clareza na redação dos textos, relatórios e trabalhos, de acordo com as normas acadêmicas.

§  Nos seminários serão utilizados como critérios de avaliação, clareza e coerência na exposição das idéias, postura do aluno, participação do aluno no seminário e qualidade do trabalho escrito.

 

Professor Tiago Duque

A avaliação da aprendizagem é um processo contínuo desenvolvido ao longo do período letivo e se constitui como um instrumento de análise e reflexão do processo de apropriação dos conhecimentos pelos(as) alunos(as). Sendo assim, os critérios de avaliação dos trabalhos escritos em grupos e/ou individuais, assim como os da prova individual serão: objetividade, clareza no uso dos conceitos e capacidade crítica. Em relação aos trabalhos também se levará em consideração o respeito ao prazo de entrega previamente estipulado.

Professor Arnaldo Lemos Filho

Processual – realizada ao longo do semestre letivo. Abrange a verificação da freqüência, da participação e do aproveitamento, e elementos de promoção do aluno (Art. 84 do Regimento da Universidade).

A avaliação do 1º e 2º módulo será feita de forma individual (prova e/ou relatórios) valendo 60% (6,0) da nota e por meio de trabalhos em grupo (seminários e/ou trabalhos escritos) que terão o valor de 40% da nota.

A avaliação do terceiro módulo será feita através de seminários temáticos. A nota final é a média das notas dos três módulos.

5.2  Instrumentos de avaliação

Professor Adolfo Calderón

a) Estudos Dirigidos, Análise de Filmes e Seminários realizados em grupos de alunos (relatórios e outros  trabalhos escritos  que integrem os conteúdos), valendo 40% (4,0) da nota;

 

b) Prova Escrita, individual, dissertativa, no final do Semestre, valendo 60% (6,0) da nota.

A nota final será resultante da somatória das notas atribuídas nas atividades avaliativas (4,0 + 6,0 = 10).

 Professor Tiago Duque

A avaliação será feita de forma individual (prova com questões dissertativas e de múltipla escolha) valendo 60% (6,0) da nota e por meio de trabalhos em grupo e/ou individuais (que a maior parte será feita em sala de aula) que terão o valor de 40% (4,0) da nota. A nota final é a somatória das notas destas atividades (6,0 + 4,0 = 10,0).

Professor Arnaldo Lemos Filho

Textos da bibliografia do Plano de Curso em questão. Temáticas do conteúdo programático. Análise de filmes.

5.3  Estratégias de Recuperação

Professor Adolfo Calderón

A recuperação se dará de forma processual a partir da correção de cada um dos instrumentos de avaliação. Ao aluno serão apontadas as fragilidades e formas de superá-las, proporcionando novas oportunidades de aprendizagem. Especificamente, no que tange, a prova escrita individual, que vale 6,0 pontos da nota final, os alunos que solicitarem poderão realizar uma

prova de recuperação que valerá de zero a seis, cuja nota será somada à nota anterior e dividida por dois, totalizando-se a média do aluno nesse instrumento de avaliação.

Professor Tiago Duque

Considerando o processo de avaliação contínua, cada trabalho (individual e/ou em grupo) feito ao longo do período letivo serão rapidamente corrigidos e devolvido aos(às) alunos(as) para que eles (elas) refazerem e tirarem as suas dúvidas, possibilitando assim um processo contínuo de recuperação dos conceitos não assimilados.

Ao final do processo avaliativo (incluindo a prova e todos os trabalhos individuais e/ou em grupos) o(a) aluno(a) que não atingir a média (tirar nota abaixo que 5,0), deverá procurar o professor para fazer uma prova de recuperação que valerá de zero a dez e cuja nota será somada à nota anterior e dividida por dois, totalizando-se, então, a média final do(a) aluno(a).

Professor Arnaldo Lemos Filho

A recuperação se dará de forma processual a partir da correção de cada um dos instrumentos de avaliação. Ao aluno serão apontadas, ao longo do semestre, as fragilidades e formas de superá-las, proporcionando novas oportunidades de aprendizagem. Apesar das várias atividades avaliativas (estudos dirigidos e prova) o aluno que não obtiver a média terá a oportunidade de recuperá-la por meio de um exercício de recuperação, a ser feito no final do semestre.

6. BIBLIOGRAFIA BÁSICA

COSTA, Maria Cristina de Carvalho. Sociologia, uma introdução à ciência da Sociedade.  3ª edição. São Paulo: Ed. Moderna,2005.

LEMOS FILHO, Arnaldo et alii.Sociologia Geral e do Direito. 4ªedição. Campinas: Ed. Alínea, 2009

SELL, Carlos Eduardo. Sociologia Clássica: Marx, Durkheim e Weber. Petrópolis. RJ:      Ed. Vozes, 2009.

7. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociológico. 2a ed. São Paulo: Martins Fontes; Brasília:

UnB, 1987.

BRYM, Robert (org.). Sociologia: sua bússola para um novo mundo. São Paulo: Thomson. 2006.

COHN, Gabriel. Sociologia: para ler os clássicos. Rio de Janeiro: Livros técnicos e científicos, 1977.

COMTE, Auguste. Curso de filosofia positiva. São Paulo : Abril Cultural, 1978. (Os pensadores). Disponível em: http://cesarmangolin.files.wordpress.com/2010/02/colecao_os_pensadores_auguste_comte_-_obra_e_vida.pdf   Acesso em: 15 fev. 2012.

FERREIRA, Delson. Manual de sociologia: dos clássicos à sociedade de informação. São Paulo: Atlas, 2001.

GERTZ, René. Max Weber & Karl Marx. São Paulo: Hucitec: 1994.

GIDDENS, Anthony. Sociologia. 4ª edição. Porto Alegre: Editora Artmed, 2005.

HUBERMANN, Leo. A história da riqueza do homem. Rio: Editora Guanabara, 2004.

OLIVEIRA, Luis Fernandes. Sociologia para jovens do século XXI. Rio de Janeiro: Imperial Novo Milenium, 200.

QUINTANERO, Tânia. Um toque dos clássicos: Durkheim, Max Weber e Karl Marx. Belo Horizonte: Editora UFMG, 3ª Edição, 2006.

TIMASHEFF, Nicholas . Teoria sociologica. 5. ed. Rio de Janeiro, RJ: Zahar, 1979. 419 p. (Biblioteca de Ciências Sociais)

 

8. INFRAESTRUTURA E INSTALAÇÕES

 Sala de aula e multimídia.

Professor Adolfo Ignacio Calderón

PLANO ORIENTADOR DE ATIVIDADES ACADÊMICO-AVALIATIVAS

O cronograma das atividades acadêmico avaliativas, por conteúdo programático, pela sua natureza dinâmica, é passível de alterações em função de eventos significativos que alterem o planejamento das atividades acadêmicas desenvolvidas na disciplina do Curso.

Cronograma

Mês/Bimestre

 

Conteúdo Programático

Instrumentos/Estratégias de Avaliação

Recursos necessários

  Bimestre

1º Módulo – A sociologia pré-científica

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido.

Sala de aula e multimídia.

1º Bimestre

2º Módulo – O surgimento da sociologia como ciência.

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido.

Sala de aula e multimídia

1º Bimestre

3º Módulo – A contribuição de Emile Durkheim

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido.

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

3º Módulo - A contribuição de Max Weber

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido.

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

3º Módulo – A contribuição de Karl Marx

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido.

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

4º Módulo Unidade VI - Temas sociológicos

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido.

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

Módulos 1º, 2º e 3º

Prova Escrita Dissertativa

Sala de aula. Folha de Prova.

Professor Arnaldo Lemos

PLANO ORIENTADOR DE ATIVIDADES ACADÊMICO-AVALIATIVAS

O cronograma das atividades acadêmico avaliativas, por conteúdo programático, pela sua natureza dinâmica, é passível de alterações em função de eventos significativos que alterem o planejamento das atividades acadêmicas desenvolvidas na disciplina do Curso.

Cronograma

Mês/Bimestre

 

Conteúdo Programático

Instrumentos/Estratégias de Avaliação

Recursos necessários

  Bimestre

1º Módulo – A Sociologia Pré-Científica

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido.

Sala de aula e multimídia.

1º Bimestre

2º Módulo – A Sociologia Pré-Científica

Debates e Relatório.

 

Sala de aula e multimídia

1º Bimestre

2º Módulo – O surgimento da Sociologia como ciência

Avaliação do 1º e 2º módulos

Aula expositiva.

Atividade de Filme

Prova escrita

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

3º Módulo – A construção social da realidade – Os Clássicos

Trabalho em Grupo a partir de estudo dirigido

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

3º Módulo – A construção social da realidade – Os Clássicos

. Debates e Relatório

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

3 Módulo – A construção social da realidade – Os Clássicos

Avaliação do terceiro modulo

Trabalho [em Grupo a partir de estudo dirigido.]

Atividade de filme

Prova escrita

Sala de aula e multimídia

2º Bimestre

  Módulo; Temas Contemporâneos de Sociologia

Seminários de equipe

Sala de aula e multimídia

Professor Tiago Duque

PLANO ORIENTADOR DE ATIVIDADES ACADÊMICO-AVALIATIVAS

O cronograma das atividades acadêmico avaliativas, por conteúdo programático, pela sua natureza dinâmica, é passível de alterações em função de eventos significativos que alterem o planejamento das atividades acadêmicas desenvolvidas na disciplina do Curso.

Cronograma

Mês/Bimestre

 

Conteúdo Programático

Instrumentos/Estratégias de Avaliação

Recursos necessários

1º Bimestre

1º, 2º, 3º Módulo

Trabalho em grupo e/ou individual.

Sala de aula e multimídia.

Cópias do roteiro para o trabalho.

2º Bimestre

3º e 4º Módulo

Trabalho em grupo e/ou individual.

Prova individua com questões dissertativas e de múltipla escolha.

 

Sala de aula e multimídia.

Cópias do roteiro/exercícios para o trabalho ea prova.

Folha de prova.

2º Bimestre

 

1º, 2º, 3º, 4º Módulo.

Prova individual com questões dissertativas e de múltipla escolha para os(as) alunos(as) que não obtiveram média 5,0.

Sala de aula. Cópias do roteiro/exercício para a prova. Folha de prova.

Obs.: Conforme consta no item 4 (Metodologia) deste plano, o conteúdo do quarto módulo é distribuído/abordado nos dois bimestres deste período letivo.

Anexo revisado 01 à CIRCULAR PROGRAD nº 003/2012

 
 
  Site Map